Prefeito em exercício de Carmópolis destaca a importância de refinaria para o município | SEnoticias
|

Prefeito em exercício de Carmópolis destaca a importância de refinaria para o município

Prefeito em exercício de Carmópolis, João Gilberto Gil. (Divulgação)

Prefeito em exercício de Carmópolis, João Gilberto Gil. (Divulgação)

Chamou a atenção dos presentes, a declaração feita pelo prefeito em exercício de Carmópolis, João Gilberto Gil, durante a assinatura do Protocolo de Intenções para a construção de míni-refinaria de petróleo, em Sergipe, que aconteceu no Palácio de Despachos em ato comandado pelo governador Jackson Barreto.

Ao usar da palavra na solenidade, ele disse que “não se escreveria uma história de sucesso e de tão notável processo de desenvolvimento econômico e social, em Sergipe, sem o petróleo de Carmopolis. O próprio desenvolvimento do Brasil, a partir da metade da década de 60, está basicamente ancorado nessa grande e estratégica riqueza sergipana”.

Por conta disso, fez questão de ressaltar João Gilberto Gil, “refinar o petróleo de Carmopolis em Carmopolis é um sonho, uma nova grande conquista de toda nossa gente, e também um ato de justiça que se faz ao povo sergipano pelo muito que Sergipe tem contribuído para economia nacional”.

Ele falou também que a grande vocação econômica do nosso estado está exatamente na industrialização – e não apenas na exploração – de nossos recursos minerais. Portanto, ele tem absoluta certeza de que Sergipe vai ingressar em uma nova fase de progresso a partir da efetiva consolidação de empreendimentos dessa natureza.

No final do seu discurso, João Gilberto Gil agradeceu nome da prefeita Esmeralda Cruz e de todo o povo de Carmópolis, transmito ao senhor governador Jackson Barreto, aos dirigentes e servidores da Petrobras, e aos novos empreendedores “os mais sincero e comovido agradecimento”.

Siga o SE Notícias pelo Twitter e curta no Facebook

Da Assessoria de Imprenssa

Postado por on 14 jan 2014. Filed under Municípios. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry